postado em 26/03/2020

Fatores climáticos e plataformas de trabalho aéreo

Leia mais o conteúdo completo...
Plataformas de Trabalho Aéreo são equipamentos utilizados para facilitar o dia-a-dia no canteiro de obras, proporcionando agilidade, praticidade e segurança na realização de tarefas. Contudo, alguns cuidados devem ser tomados para garantir a operação segura e precisa das mesmas, como as condições climáticas por exemplo.
 
As condições climáticas podem afetar de diversas maneiras as atividades durante a operação de plataformas de trabalho aéreo. Eles precisam ser cuidadosamente considerados durante o planejamento e a execução de trabalhos com plataformas articuladas, de mastro, ou tesouras. Podem ser necessários esforços especiais para garantir que um aviso adequado seja fornecido para evitar que uma tempestade repentina interrompa um trabalho em andamento.
 
 
VENTO
  


É necessária muita atenção ao avaliar quando está muito vento para continuar as operações de elevação com Plataformas de Trabalho Aéreo. A maioria dos fabricantes de plataformas tem algumas recomendações sobre a velocidade / rajada máxima permitida do vento, ou como reduzir corretamente a elevação da plataforma sob condições de vento, uma vez que seus gráficos de alcance não consideram a existência de nenhum vento. Se não houver informações afixadas em adesivos nas plataformas ou nas instruções do manual de operação, o locador deve ser consultado, e as informações máximas admissíveis sobre velocidade / rajada de vento e desclassificação informadas ao operador do equipamento.
 
 
Nota: Na ausência de recomendações específicas por escrito do fabricante, considere seriamente adiar a execução do trabalho se a velocidade / rajada de vento estiver na faixa de 25 a 45 km/h. Acima dessa velocidade o trabalho em altura com a utilização de plataformas aéreas não deve ser executado sob nenhuma hipótese.
 
Quando as operações com plataformas aéreas tiverem sido adiadas devido a condições de vento/rajadas fortes, a lança ou tesoura deverá ser recolhida/abaixada, o equipamento deverá ser posicionado/estacionado em local seguro, e os operadores deverão ser desembarcados. As operações apenas deverão ser retomadas quando as condições do vento forem favoráveis à execução do serviço.
 
Operando uma plataforma entre estruturas.



Operar uma plataforma entre edificações ou equipamentos de processo industrial em condições de vento pode ser perigoso devido ao efeito "túnel de vento". À medida que o ar sopra em torno de obstruções, pode haver áreas com a velocidade do ar aumentada que podem exceder o limite de elevação segura, mesmo que a velocidade geral do vento não seja um problema. Um indicador de velocidade do vento (anemômetro) fixado no canteiro de obras oferece uma boa ajuda nessas condições.
 
 
CHUVA e NEBLINA
 

 
A exemplo dos ventos, outras situações climáticas também podem criar ambientes e condições perigosas para a utilização de Plataformas Aéreas. Chuva e neblina podem obscurecer a visão do operador, tornando as operações de elevação e movimentação muito perigosas. Além disso, calor extremo, tempestades de granizo ou até tempestades de neve pesada podem distrair os envolvidos na operação do equipamento. É importante que nessas situações, todos os envolvidos permaneçam focados na plataforma até que a mesma esteja devidamente recolhida e os operadores estejam desembarcados com segurança no solo. Durante o mau tempo, como chuva, neve ou nevoeiro, pare a operação, recolha e desligue a máquina. Aguarde até a visibilidade melhorar antes de retomar a operação.
 
As lanças da plataforma podem atuar como um para-raios e deve-se tomar muito cuidado e estar ciente das mudanças nas condições climáticas, se prevenindo caso ocorra uma tempestade repentina. Ao primeiro sinal de uma tempestade (ou pelo menos um raio), as atividades de elevação e movimentação devem ser encerradas imediatamente. A lança deve ser abaixada e/ou retraída o máximo possível, e o pessoal deve sair da área. Se a plataforma for atingida por um raio, ela deve ser cuidadosamente inspecionada antes de ser novamente colocada em serviço. O caminho da eletricidade é difícil de prever e pode haver danos ocultos (corrosão) onde ocorreram arcos de energia.
 
Chuvas fortes, especialmente se forem provocadas pelo vento, também podem afetar as operações da plataforma. A água pode entrar em elementos elétricos e torná-los inoperantes. Havendo mau funcionamento de qualquer um dos componentes da plataforma aérea, a execução dos trabalhos deve ser interrompida, a plataforma deverá ser interditada, e a área de manutenção responsável da locadora deve ser imediatamente comunicada.
 


Aqui na Andaimes Modular temos a plataforma aérea certa para sua obra! Entre em contato agora pelos telefones - (14) 3453-1414 | (14) 99172-4445

Contato
Avenida República, 2219 - Bairro Mariana
CEP 17510-402 | Marília/SP
(14) 3453-1414 | (14) 99172-4445
0800-772-3262
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por